PPGCOM apresenta 18 pesquisas no Epca 2020

Texto: Nayara Nascimento

Entre grupos de trabalho e seminários, incluindo pesquisas orientadas pelos professores e estudos desenvolvidos por mestrandos, o PPGCom de Imperatriz vai levar 18 pesquisas para o Encontro de Pesquisa em Comunicação na Amazônia (EPCA2020).

  1. Fotojornalismo no Maranhão: precarização do trabalho formal e as redes sociais (Thaisa Bueno e Rosana Barros)
  2. Bastidores online: Assédio sexual contra mulhere jornalistas em plataformas digitais. (Thaisa Bueno e Janaina Amorim)
  3. Jornalismo, Redes Sociais e Memória (Roseane Arcanjo Pinheiro)
  4. A dor e a otimização da performance na fanpage de Dorflex. (Leticia Feitosa Barreto /Denise Ayres)
  5. A Covid 19 e o netativismo indígena: uma análise da plataforma digital Quarentena Indígena (Isabel Maria Lima Sousa/Denise Ayres)
  6. Gambiarras Digitais: cognição, técnica e decolonialidade e videogames (José Messias)
  7. Os critérios de seleção das notícias em Imperatriz: uma análise a partir das redações locais (Camilla Quesada Tavares)
  8. Rádio e política em Imperatriz e no Maranhão (Izani Mustafá )
  9. As influências de acordos comerciais e políticos na cobertura de rádio de
  10. Imperatriz (Ananda Kallyne Muniz Portilho)]
  11. Os métodos de inserção midiática da Secretaria Estadual de Comunicação e Assuntos Políticos do Maranhão (Sammyla Maciel
  12. Telejornalismo regional: um breve panorama da estruturação da TV Mirante e TV Difusora no estado do Maranhão (Sarah Dantas do Rego Silva)
  13. Jornalismo de fôlego e a covid-19: Análise dos conteúdos do tab uol em tempos de pandemia, (Marina Gama)
  14. Grupos de whatsapp na rotina produtiva dos jornalistas de imperatriz (ma) e Araguaína (to) foi aceito nos grupos de trabalho do epca 2020 (Thaisa Bueno e Lorena Lacerda/IC)
  15. Progressinho – análise da coluna luz e prosa no suplemento infantil do jornal O Progresso (Thaísa Bueno e Gabriela Almeida / IC
  16. Podcast Mamilos e a pandemia: as dicas culturais no quadro Farol Acesso (Roseane Pinheiro e Gessiela Nascimento)
  17. Do jornalista ao telespectador: estudo do impacto do quadro ‘O Brasil que eu quero’ no Maranhão (Janaína Oliveira, Rafaela Gomes e Danielle Carolina – graduação/Pibic
  18. Covid19 e Fake News: Uma análise das notícias verificadas no site Fato ou Fake (Marcelli Alves, Frida Bárbara e Kellen Ceretta)

O Epca começa amanhã e em decorrência da pandemia do novo coronavírus (COVID-19) este ano realiza a Edição Especial Online, totalmente digital e gratuita. O evento tem como tema “Pesquisa em Comunicação na Amazônia: os desafios de fazer ciência em tempos de crise e a comissão organizadora já contabiliza mais de 240 inscrições, e espera que esse número aumente até o abertura do evento.

A doutoranda Camila Simões (PPGCOM/UFPA), da comissão organizadora, avalia que os pontos positivos no formato online do encontro estão relacionados à ampliação da visibilidade, diversidade de trabalhos submetidos, e representatividade dos estados da Amazônia Brasileira entre os participantes. “O EPCA pode dar visibilidade aos trabalhos, pesquisas, reflexões, discussões, a partir da Amazônia, a partir de tudo que estamos produzindo, desde a graduação, pós-graduação, pesquisadores que já são professores, enfim, todo tipo de pesquisa em que os autores e autoras se apresentaram por meio do resumo expandido, que é o formato desse ano.”

Para Camila Simões, o desafio na realização do encontro é a questão técnica. Com a migração do formato presencial para as plataformas online, é necessário pensar na qualidade da internet, no suporte para transmitir o evento ao vivo peloYouTube, controlar as presenças dos participantes no Google Meet.

No total foram 66 submetidos e aceitos, advindos de toda a Amazônia Brasileira, do Rio de Janeiro, São Paulo e de Portugal.

Professoras do PPGCom comemoram participação expressiva

Professora Drª Marcelli Alves comemora participação em evento durante à pandemia

Para a professora doutora Roseane Arcanjo Pinheiro (PPGCOM/UFMA), inscrita no seminário do EPCA 2020, a principal vantagem do evento online é a amplitude. “Os eventos online possibilitam um número maior de participantes, o que permite que possamos compartilhar nossas pesquisas com mais estudantes, professores e instituições. Além disso, a gratuidade fortalece o acesso ao conhecimento a todos os interessados”, reitera.

A professora doutora Marcelli Alves (PPGCOM/UFMA), que já participou de eventos digitais, como o Congresso Internacional Media EcologyandImageStudies, acrescenta que “o formato virtual, na minha opinião, pode ser uma tendência para poder contemplar troca de conhecimentos em momento de crise. A tecnologia está ai, sempre nos ajudando!”

Sobre o EPCA

O Encontro de Pesquisa em Comunicação na Amazônia (EPCA)é realizado desde 2017, e neste ano o evento será digital, online e gratuito. A Edição Especial de 2020 acontece entre 26 e 28 de agosto, mas inscrições podem ser realizadas até o último dia de programação, na modalidade de ouvinte.

Se inscreva em: https://www.even3.com.br/epca2020/

Mais informações: epcamazonia@gmail.com

 

Programação

Quarta-feira, 26 de agosto

     9h – Mesa de abertura

 9h30 – Conferência de abertura

10h30 – Debate 1: “Cotidiano e Resistências: Missão Amazônia”

    14h – Debate 2: “Comunicação em tempos de crise: pesquisa e mídia em foco”

    16h – Jornada Interprogramas

Quinta-feira, 27 de agosto

  9h-13h – Seminários: primeira sessão

15h-19h – Seminários: segunda sessão

Sexta-feira, 28 de agosto

  9h-13h – Grupos de trabalhos: primeira sessão

15h-19h – Grupos de trabalhos: segunda sessão

       19h – Conferência de encerramento

Acompanhe as redes sociais

Instagram: @epcamazonia (https://www.instagram.com/epcamazonia/)

Facebook: @epcamazonia (https://www.facebook.com/epcamazonia)

 

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
EnglishFrenchPortugueseSpanish