Identidade profissional de jornalistas negros e a Representação do Dia da Consciência Negra são temas de pesquisas de discentes do PPGCOM

Dois temas atuais e de relevância social estão entre as dissertações finalizadas recentemente no PPGCOM. Welbert de Souza defendeu o trabalho intitulado “A PELE QUE HABITO: A construção da identidade profissional dos jornalistas negros em Imperatriz – MA”, no dia 7 de outubro. A dissertação investigou as identidades dos jornalistas negros na cidade de  Imperatriz (MA), que  trabalham nos veículos de comunicação da cidade (TV, Rádio, Jornais e Assessorias) e que se autodeclaram pretos. A partir de procedimentos metodológicos quanti-qualitativos, o mapeamento desses profissionais produziu um panorama sobre raça e  inserção no mercado de trabalho local. 

A pesquisa também utilizou como metodologia observações de campo e entrevistas, para subsidiar reflexões sobre aspectos das identidades negras e como esses jornalistas se percebem, destacando os desafios enfrentados pelos profissionais no campo da comunicação. O trabalho teve orientação da Profa. Dra. Letícia Cardoso.

Outro trabalho dentro desta temática de investigação será defendido no dia 27 de outubro, próxima quinta-feira. “A COR DO APAGAMENTO: Quem fala no Dia da Consciência Negra na mídia hegemônica do Maranhão”, de autoria da discente Ariel Santos, traça um panorama da cobertura sobre o Dia da Consciência Negra em veículos tradicionais do Maranhão e realiza um aprofundamento da data a partir da análise debruçada nas fontes jornalísticas presentes nas páginas do site Imirante.com e no antigo impresso O Estado do Maranhão.

Para entender como se deu a cobertura local sobre a data, Ariel utilizou a Análise de Conteúdo para a coleta dos dados, tratamento das informações captadas e a análise das constatações encontradas. Ao todo, foram  94 matérias jornalísticas levantadas em 19 anos do recorte temporal da pesquisa. A pesquisa vai ser defendida de forma híbrida no PPGCOM, Campus Imperatriz, e por meio de videoconferência. A orientação é da Profa. Dra. Thaísa Bueno.

Texto: Otávio Neto

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
EnglishFrenchPortugueseSpanish