Os grupos de pesquisa em atividade no Mestrado em Comunicação da UFMA contam com a participação de estudantes de graduação e pós-graduação, bem como de professores da graduação que não integram o programa, mas buscam uma proximidade com as atividades da pós-graduação. As parcerias são uma forma de fortalecer as ações conjuntas e ratificar o projeto como um trabalho em grupo.

Nestes grupos encontram-se, em boa parte, os alunos de Iniciação Científica (PIBIC, PIBIT, PET e voluntários). Alguns destes projetos contam com apoio de bolsas do CNPq, Fundação de Amparo à Pesquisa e ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico do Maranhão (FAPEMA) e da própria UFMA, conforme calendários anuais de seleção, por meio de editais.

A participação discente por meio dos grupos permite a aproximação dos graduandos com a rotina da pós-graduação, o que integra ações de pesquisa, ensino e extensão. Na rotina dos grupos, além das reuniões regulares para discussões de textos e acompanhamento dos trabalhos de pesquisa (empírica e conceitual), são mantidos diálogos constantes com pesquisadores e entidades científicas de outras instituições, no país e fora deste, fortalecendo o campo de investigação.

O PPGCOM na UFMA de Imperatriz mantém hoje 9 grupos de pesquisa regulares no Diretório de Grupos de Pesquisa do CNPq. Esses grupos contemplam todos os professores permanentes e colaboradores do Programa.

 

Grupo de Pesquisa em Comunicação e Cibercultura (GCiber): Agrega pesquisas que versem sobre cibercultura e sobretudo ciberjornalismo, sob os impactos das ferramentas digitais na vida social, nas interações e nas rotinas dos veículos de mídia em diferentes suportes, incluindo questões de interações, audiência, identidade profissional, rotina produtiva, convergência e outros.

Coordenadora: Profa. Dra. Thaisa Cristina Bueno

Quando começou:  Em 2016

Linhas de Pesquisa: Interações, memórias e relações na cibercultura; Jornalismo e Cibercultura; Meios e Ferramentas na cibercultura.

Facebook:  @G-Ciber

 

 

O Grupo de Pesquisa em Comunicação, Política e Sociedade (COPS): Agrega pesquisas que se preocupam com a dinâmica existente entre a comunicação e a política, evidenciando o papel do jornalismo e das práticas comunicacionais para a esfera pública e política. Os estudos desenvolvidos dialogam com diferentes objetos e perspectivas teóricas, observando tanto os modos de produção quanto de consumo. As pesquisas também se debruçam sobre as dinâmicas das redes sociais digitais, observando seus usos por diferentes atores sociais e políticos.

Coordenadora:  Profa. Dra. Camilla Quesada Tavares

Quando começou: em 2016

Linhas de Pesquisa: Comunicação política e campanha eleitoral, Internet e sociedade, Prática profissional, produção de notícias e cobertura jornalística.

Facebook: @grupocops/Instagram: @copsufma 

 

 

Grupo de Pesquisa em Jornalismo, Mídia e Memória (Joimp): Tem por objetivo analisar as transformações do campo jornalístico ao longo do tempo, bem como preservar e valorizar a memória das mídias e dos/das jornalistas. O grupo faz parte do Centro de Documentação do Jornalismo de Imperatriz, localizado na Universidade Federal do Maranhão campus Centro, em que o acervo é uma fonte de pesquisas e compartilhamentos de publicações do curso de Jornalismo que reúne uma série de revistas, periódicos, livros, documentários e trabalhos acadêmicos da área da comunicação. A fim de preservar a memória jornalística local, o acervo possui uma plataforma digital com os jornais digitalizados e possui as primeiras edições de jornais impressos de Imperatriz e região.

Coordenadora: Profa. Dra. Roseane Arcanjo Pinheiro

Quando começou: em 2016

Linha de Pesquisa: Campo jornalístico, rotinas produtivas e práticas profissionais; Processos jornalísticos, representações e poder

Site: www.joimp.ufma.br/Instagram: @joimp.ufma

 

 

Grupo de Estudos Culturais no Maranhão (Gecult): É um coletivo de pesquisa ligado ao Departamento de Comunicação Social da Universidade Federal do Maranhão, formado por professores, pesquisadores e estudantes, que desenvolve estudos em Comunicação, a partir da análise cultural. Integra a linha de pesquisa Comunicação e Práticas Culturais do OBEEC – Observatório de Experiências Expandidas em Comunicação, grupo certificado pelo CNPq. O objetivo do grupo é compreender práticas das culturas populares e urbanas no Maranhão (festas, danças, festivais, ritos, identidades, cenas artísticas, fazeres, saberes, entre outros) como um processo completo de comunicação, entendendo que toda prática cultural produz sentidos e relações (mediações) entre os sujeitos. Visamos identificar o processo de produção, circulação e consumo nas práticas artístico-culturais, além de refletir sobre a análise cultural, metodologia própria dos estudos culturais, desenvolvendo sua aplicabilidade.

Coordenadora: Profa. Dra. Letícia Conceição Martins Cardoso

Linha de Pesquisa: Protocolos analíticos de práticas culturais; Mediações nas culturas populares; Cultura, mídia e relações de poder; Identidades e representação.

Site: leticiaufma.wixsite.com/Instagram: @gecultma 

 

 

001.jpg

Grupo de Pesquisa em Linguagem, Discurso, Mídia e Educação (Lidime): O grupo é focado em pesquisas de bases linguísticas cujas perspectivas versam sobre questões da realidade social, principalmente pela abordagem discursiva, em uma atitude reflexiva e crítica. Hoje, o grupo está ligado ao Curso de Letras da UFMA  em São Luís, mas deve desenvolver seus projetos em parceria principalmente com os Cursos de Jornalismo e Pedagogia CCSST-UFMA. As pesquisas adotam os aportes teóricos e/ou metodológicos das vertentes críticas de análise de discurso – tanto de linha francesa quanto inglesa.

Quando começou: em 2018

Coordenadores: Profa. Dra. Regysane Botelho Cutrim Alves  / Prof. Dr. Marcos Fabio Belo Matos

Linha de Pesquisa: Linguagem e Discurso; Linguagem e Educação; Linguagem e Mídia.

Site: grupolidime.com/Instagram: @grupolidime

 

 


Grupo de Pesquisa em Comunicação, Cultura, Imaginário e Sociedade (Imaginarium):  O grupo desenvolve pesquisas relacionadas ao imaginário pós-moderno sobre saúde, ciência e tecnologia e suas repercussões na sociedade, formando um corpo de pesquisadores oriundos do estado do Maranhão, assim como atrelar-se a redes de pesquisa. A líder já tem estudos importantes publicados em revistas nacionais e internacional e participa de eventos internacionais com o principal teórico da área, Michel Maffesoli.

Coordenadora: Profa. Dra. Denise Cristina Ayres

Quando começou: em 2019

Linhas de Pesquisa: Comunicação, cotidiano, ciência e tecnologia; Imaginário, saúde e pós-modernidade

 

 

Grupo de Estudos sobre Mídia e Alteridade (Altermídia): As pesquisas são embasadas nas relações entre os processos comunicacionais e a alteridade. O grupo segue três linhas de pesquisa que dialogam com as implicações da comunicação sobre grupos sociais, a perspectiva midiática, as práticas comunicacionais e as autonarrativas. O debate segue uma abordagem interdisciplinar a fim de envolver diferentes modalidades de comunicação.

Coodenadora: Profa. Dra. Elaine Javorski Souza

Quando começou: Em 2018

Linhas de pesquisa: Comunicação, dialogia e narrativas da não-violência; Mídia e migrações.

Facebook: @altermidia 

 

 

Rádio e Política no Maranhão (RPM): Estudos sobre o rádio do Maranhão a partir de pesquisas sobre concessões, muitas obtidas em troca de favores políticos, a fim de compreender como se estabeleceram as relações políticas num estado que teve, por várias décadas, influência da família Sarney. A proposta visa compreender as relações do rádio maranhense com a política e o poder político existente e suas influências na programação.

O mapeamento irá fortalecer as pesquisas em desenvolvimento Universidade Federal do Maranhão, envolvendo professores e alunos da graduação e da pós-graduação, interessados no objeto de estudo que é o rádio; e contribuir com os estudos do GP de Rádio e Mídia Sonora da Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação (Intercom), cujos pesquisadores estudam o rádio no Brasil com aporte da história, da economia política, da convergência digital, da recepção e da política.

Quando começou: em 2019

Coordenadora: Profa. Dra. Izani Pibernat Mustafá

Linha de pesquisa: Rádio e Política no Maranhão

Contato: izani.mustafa@ufma.br

 

 

Laboratório de pesquisa em Games, Gambiarras e Mediações em Rede (GamerLab): O laboratório  é vinculado ao curso de Comunicação Social/Jornalismo e ao Programa de Pós-Graduação em Comunicação da Universidade Federal do Maranhão, Campus de Imperatriz. As atividades do grupo envolvem teoria e prática. A ideia é fazer com que se entenda como relacionar esses elementos da cultura digital e ter um olhar crítico para as mídias digitais e sua utilização no âmbito social.

Coodenador: Prof. Dr. José Carlos Messias 

Quando começou: em 2020

Linhas de pesquisa: Cognição Corporificada, Materialidades e Tecnologias da Comunicação; Crítica Pós-colonial da Ciência, Tecnologia e da Mídia; Humanidades Digitais e Letramentos Midiáticos.

Facebook: @GamerLab/ufma/Instagram: @gamerlabufma