Grupo de Pesquisa COPS investiga a percepção dos jornalistas sobre a atuação profissional nas redações maranhenses

Texto: Janaina Amorim

 

Entre as pesquisas em andamento no PPGCOM (Programa de Pós Graduação em Comunicação da Universidade Federal do Maranhão de Imperatriz) durante a pandemia do coronavírus está o estudo intitulado “Entre o discurso e a prática: a percepção dos jornalistas sobre a atuação profissional nas redações maranhenses”.

Objetivo da pesquisa, que integra as atividades do grupo de pesquisa COPS (Comunicação, Política e Sociedade), coordenado pela professora doutora Camilla Tavares, é investigar as mudanças no jornalismo praticado em veículos maranhenses a partir da análise do conteúdo produzido por essas empresas de comunicação e da perspectiva dos próprios profissionais. O recorte são veículos impressos e televisivos, das cidades de Imperatriz e da capital, São Luís. A pesquisa começou em março de 2019 e atualmente está na fase de sistematização dos dados.

Com apoio da Fapema, por meio do edital de 2019, cujo resultado foi divulgado no início deste ano, o levantamento vai contribuir para enxergar melhor o mercado jornalístico local. “As pesquisas do COPS continuam acontecendo mesmo durante a pandemia. Nós mantivemos as reuniões, agora semanais, por meio do Google Meet, e os bolsistas e demais integrantes do grupo estão trabalhando na coleta de dados do primeiro projeto”, detalhou a professora Camilla.

O grupo está desenvolvendo duas outras pesquisas. Uma delas é “Mulheres na mídia e na política: o discurso construído por elas e sobre elas”, que visa analisar como as mulheres ganham visibilidade no jornalismo e na política, a partir da visibilidade e da construção de seus discursos. Os resultados já foram apresentados em vários eventos da área e artigos foram produzidos e encaminhados para publicação em periódico.

 

A outra é “Comunicação online e abertura dos parlamentos: Informação, Transparência e Participação nos portais legislativos brasileiros”. Essa tem a proposta de observar como os parlamentos brasileiros, nos âmbitos nacional e estadual, têm proporcionado ferramentas de abertura aos cidadãos, em relação à disposição de Informação, Transparência e Participação.

Sobre o COPS –Todo o trabalho desenvolvido pelo grupo é feito de forma coletiva e integram o grupo alunos da graduação, do mestrado em Comunicação e professores do campus de Imperatriz e de outras universidades. O COPS desenvolve estudos que envolvem monitoramento das campanhas em anos eleitorais, cobertura jornalística, campanha nas redes sociais e, a partir deste ano, no Whatsapp.

Pesquisas produzidas pelo Cops

Qual a característica da campanha online de mulheres candidatas? Uma análise a partir das eleições de 2018. (https://seer.ufrgs.br/debates/article/view/96257)

Relações de gênero na rotina de trabalho de mulheres jornalistas: um estudo sobre Imperatriz e Balsas, no Maranhão.  (https://periodicos.ufpb.br/ojs2/index.php/ancora/article/view/49585)

A candidatura de mulheres nas eleições de 2018: uma análise da cobertura eleitoral. In: XXII Seminário de Inverno de Estudos em Comunicação, 2019, Ponta Grossa. Anais do XXII Seminário de Inverno, 2019. v. 1. p. 1-15.

A produção científica sobre jornalismo e gênero: os avanços e lacunas na intersecção entre as duas áreas de pesquisa. In: XXII Seminário de Inverno de Estudos em Comunicação, 2019, Ponta Grossa. Anais do XXII Seminário de Inverno, 2019. v. 1. p. 1-15.

Looking Beyond Platform Structure to Understand Citizen Deliberation on Brazil’s Portal  https://onlinelibrary.wiley.com/doi/abs/10.1002/poi3.196

Apresentação do dossiê Parlamento, Mídias e Sociedade.

http://e-legis.camara.leg.br/cefor/index.php/e-legis/article/view/536

Os parlamentos se (re)conectam aos cidadãos: um modelo metodológico de estudo do desenvolvimento de mecanismos digitais para participação política.

https://www.researchgate.net/publication/331055043_OS_PARLAMENTOS_SE_RECONECTAM_AOS_CIDADAOS_UM_MODELO_METODOLOGICO_DE_ESTUDO_DO_DESENVOLVIMENTO_DE_MECANISMOS_DIGITAIS_PARA_PARTICIPACAO_POLITICA

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
EnglishFrenchPortugueseSpanish