Atividades realizadas por bolsistas no PPGCOM são fundamentais para ajudar no funcionamento do programa

O corpo de bolsistas do Programa de Pós-Graduação em Comunicação (PPGCOM) da UFMA, campus Imperatriz, atualmente conta com nove alunas do mestrado e uma da graduação, orientadas pela coordenadora do programa Profa. Dra. Thaísa Bueno. As bolsistas recebem investimento da Capes e Fapema em suas pesquisas, sendo responsáveis por dar suporte ao PPGCOM na elaboração de atividades que auxiliam os professores e, principalmente, alunos para uma melhor experiência no programa.

Dentre as atividades, as bolsistas do PPGCOM atuam na organização de eventos promovidos pelo curso, alimentação das redes sociais, preenchimento de dados na plataforma Sucupira, além de trabalharem em seus próprios projetos de pesquisa. A bolsista Luana Fonseca conta que ser uma aluna bolsista exige mais dedicação do que ser um aluno comum, mas que com uma boa organização todos os compromissos acabam sendo honrados.

Para além de um incentivo na pesquisa do aluno bolsista, ela enxerga nesta experiência uma forma de ajudar a fortificação do programa, por isso ressalta que os investimentos em bolsas são essenciais. “É praticamente inviável um PPG se sustentar sem bolsa. Os investimentos não dão suporte só para o aluno, mas também para o trabalho feito juntamente com a universidade”, enfatiza. Esse caminho de mão dupla possibilita a sobrevivência de todos os lados.

Em artigo, Gabriel Colombo, diretor de Ciência e Tecnologia da Associação Nacional de Pós-Graduandos (ANPG), revelou que no primeiro ano do governo Bolsonaro 8 mil bolsas foram cortadas da Capes. Apenas no Nordeste, 12% das bolsas vigentes foram canceladas. Em números, significa uma perda grande para a academia, resultando na não valorização da pesquisa. Para Luana Fonseca é preciso lutar para que haja maior investimento na pesquisa, já que esta é essencial para o desenvolvimento da sociedade. “Precisamos entender que esse auxílio contribui para uma otimização do curso e quem sabe futuramente ganhar melhoramentos por parte do governo”, diz.

As atividades da bolsa são fundamentais para realização de algumas tarefas no programa e trazem experiências tanto acadêmicas como profissionais para os bolsistas. O projeto PPGCOM Home Office, por exemplo, é proveniente dessas atividades. O acompanhamento e distribuição dessas ações são feitas em reuniões mensais entre bolsistas e a Profa. Dra. Thaísa Bueno. Durante a pandemia, os encontros estão sendo feitos pelo Google Meet.

 

Conheça as bolsistas:

Frida Medeiros:http://lattes.cnpq.br/8216995357671131

Gessiela Nascimento: http://lattes.cnpq.br/3846827248816096

Janaina Amorim:http://lattes.cnpq.br/8157408802368688

Letícia Holanda de Sousa: http://lattes.cnpq.br/3227193253213634

Luana Fonseca: http://lattes.cnpq.br/6780300351134777

Marina Gama: http://lattes.cnpq.br/5654286490858905

Nayara Nascimento de Sousa: http://lattes.cnpq.br/0301721176322111

Sammyla Maciel: http://lattes.cnpq.br/1583663691271439

Sarah Dantas: http://lattes.cnpq.br/3598812775524459

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
EnglishFrenchPortugueseSpanish